Nuno Lindoso

Cineclubista, realizador e pesquisador, curador e oficineiro. Com formação em Ciências Sociais e mestre em Antropologia Social pela Ufal, investiga a relação entre performance, masculinidade e identidade regional no cinema do Nordeste contemporâneo. Dirigiu os curtas-metragens “Atirou para Matar” (2014), “Os Desejos de Miriam” (2017) e “O Primo Holandês” (2023). Desde 2019, é curador do Festival de Cinema Brasileiro do Circuito Penedo de Cinema (AL).

Copyright © 2024 • 46º Festival Guarnicê de Cinema | Pró-Reitoria de Extensão e Cultura | Diretoria de Assuntos Culturais